terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Lição de Vida



 DEUS CRIOU O BURRO E DISSE:
 Serás Burro, trabalharás incansavelmente de sol a sol, carregando fardo nos lombos. Comerás capim, não terás inteligência alguma, viverás 60 ANOS.
 SERÁS BURRO

 O BURRO RESPONDEU: Serei Burro, mas viver 60 ANOS é muito, Senhor Dá-me apenas 30 ANOS?
 Deus lhe deu 30 ANOS.


 DEUS CRIOU O CACHORRO E DISSE:
 Serás Cachorro, vigiarás a casa dos homens e serás seu melhor amigo.
 Comerás os ossos que ele te jogar, viverás 20 anos.
 SERÁS CACHORRO'.

 O CACHORRO RESPONDEU:
 Senhor, comerei ossos, mas viver 20 ANOS é muito, Senhor. Dá-me 10 ANOS.
 Deus lhe deu 10 ANOS.
>
>
> DEUS CRIOU O MACACO E DISSE:
> Serás Macaco, pularás de galho em galho, fazendo macaquices, serás  divertido e viverás 20 ANOS.
 SERÁS MACACO'.

 O MACACO RESPONDEU:
 Senhor, farei macaquices engraçadas, mas viver 20 ANOS é muito, Dá-me  apenas 10 ANOS.
 Deus lhe deu 10 ANOS

 DEUS CRIOU O HOMEM E DISSE:
 Serás homem, o único ser racional sobre a face da Terra, usarás tua  inteligência para te sobrepores aos demais animais e à Natureza. Dominarás  o Mundo e viverás 30 ANOS.

 O HOMEM RESPONDEU:
 Senhor, serei Homem o mais inteligente dos animais, mas viver 30 ANOS é  muito pouco, Senhor Dá-me os 30 ANOS que o BURRO rejeitou, os 10 ANOS que  o CACHORRO não quis e também os 10 ANOS que o MACACO dispensou.

 E ASSIM DEUS FEZ O HOMEM...
 Está bem... Viverás 30 ANOS como homem. Casarás e passarás a viver 30 ANOS  como BURRO, trabalhando para pagar as contas e carregando fardos. Serás  aposentado pelo INSS, viverás 10 ANOS como CACHORRO, vigiando a casa. E  depois ficarás velho e viverás mais 10 ANOS como MACACO, pulando de casa  em casa, de um filho para outro, fazendo macaquices para divertir os
 NETOS...

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Chico Vagabundo


Chico Vagabundo

Caderno de poesia de Norma C.C.C. Zanatta

Nunca existiu criatura

Mais preguiçosa no mundo

Toda a gente o conhecia

Como chico vagabundo

 

Cansados de sustentá-lo

E lhe dar conselhos em vão

Seus amigos decidiram

Aplicar-lhes uma lição

 

Agarraram o indolente

E o puseram num caixão

Tendo o féretro seguido

Uma longa procissão

 

Ao passar por um estranho

Este mut comovido

Quis saber por toda a força

Quem e que tinha morrido

 

Não morreu disseram eles

Vai vivi pro cemitério

Merece bem essa sorte

Quem não leva a vida a sério

 

É um vádio um pobrezinho

Sem coragem pra viver

De que lhe serve essa vida

Se nem tem o que comer

 

Mas para resolver o assunto

O estranho se interpôs

Se é por falta de comida

Darei um saco de arroz

 

O chico que tudo ouvira

Ergue tampa do caixão

E voltando ao doador

Exige uma condição

 

Se o arroz estiver bem limpo

Aceito e fico contente

Mas se for arroz com casca

Toque o enterro prá frente

 

Mensagem para os falecidos


Você partiu... partiu prá longe... não sei prá

onde... não sei porque.

Você partiu. Um dia? Um mês? Um ano? Não

sei... importa tão pouco quando se lembra

Alguém que partiu.

você partiu... lembrando você, no silêncio deste

momento, me sinto muito triste: a saudade

também dói quando se lembra alguém que se

amou.

Você partiu... mas é tão bom lembrar você e esta

lágrima que teima em brincar nos meus olhos,

parece refletir o céu da noite em que você partiu.

Você partiu... e em meu peito neste instante uma

paz muito grande: você partiu mas continua

comigo.

você partiu... na saudade desta ausência, aqui

dentro. Muito dentro do meu peito, até sinto

gratidão.

Gratidão a Deus porque foi bom ter vivido por

muito tempo com você.

Você partiu, Não : você continua junto a mim

porque está dentro de mim. VOCÊ ...VOCÊ...

NÃO PARTIU!

De profundis


De Profundis

Deprofondi malati domini, domini conchimea varcio piantari estudenti , dal vochi med e tat varcio. Requiem me eterna donies domineum luce perpetua cade pace amém.

Pai nosso, ave maria e gloria ao Pai...

 

De Profundis, Salmo 130 (latim)

De profundis clamavi ad te, Domine;

 Domine, exaudi vocem meam. Fiant aures tuæ intendentes

 in vocem deprecationis meæ.

 Si iniquitates observaveris, Domine, Domine, quis sustinebit?

 Quia apud te propitiatio est; et propter legem tuam sustinui te, Domine.

 Sustinuit anima mea in verbo ejus:

 Speravit anima mea in Domino.

 A custodia matutina usque ad noctem, speret Israël in Domino.

 Quia apud Dominum misericordia, et copiosa apud eum redemptio.

 Et ipse redimet Israël ex omnibus iniquitatibus ejus.

 

Das Profundezas, Salmo 130

Das profundezas clamo a ti, ó Senhor;

 Ouve o meu grito! Que teus ouvidos estejam atentos

 ao meu pedido por graça!

 Se fazes conta de minhas iniquidades, Senhor, quem poderá se manter?

 Mas contigo está o perdão, tenho esperado por ti, ó Senhor, por causa de teu nome.

 Minha alma espera, confiando na tua palavra:

 Minha alma tem esperança no Senhor,

 De manhã até a noite; que Israel possa ter esperança no Senhor do alvorecer ao anoitecer.

 Pois a misericórdia está na mão do Senhor, e nele se encontra redenção em abundância;

 Ele vai resgatar Israel de todas suas iniquidades.

Meu querido filho Frei Paulo


Meu querido filho Frei Paulo

 Deus te abençoe

 

 Recebemos tua amada cartinha que veio nos encher da mais viva alegria. Estamos todos com saúde graças ao bom Deus e espero que o mesmo se dê contigo.

 Fiquei comovida ao ler tuas expressões singelas e ao mesmo tempo ardentes com que te referes a tua vocação religiosa e ao desejo que tens de fazer alguma coisa pela glória de nossa Mãe, a S. S. Virgem. És muito criança para conheceres tua vocação; contudo se te sentes chamado, segue o Mestre Divino a quem deves amar mais que a teus pais, tuas irmãs e teus amigos. A Deus devemos dar o que temos de mais precioso, e eu te amo mais que tudo depois de Deus e da Mãe do Céu. A Eles entrego meu tesouro, minha alegria, mesmo que tenha de verter copioso pranto. Dizem que as lágrimas das mães são preciosas, diante do tabernículo ofereço a Deus as lágrimas que derramo, para que sejas muito feliz com a santa escolha que fizeste.

 Segue o teu ideal, filho querido e reza muito por tua mãe. Tuas irmãs ficaram alegres, mas não se conformam com a ideia de ficarem muito tempo sem ver-te.

 Recebe os abraços de tuas irmãs, benção de teu pai e a benção e as saudades de tua mãe.

Norma Corbellini Zanatta

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Des Profundi


Des Profundi

                    Maria Possamai

Desprofundi malati dominum, dominum cochimea piantari stridenti dal vochi ces mei, verceio etati conservavi dominun  dominum matutina spernça dominum capo dominun misericórdia, capo dominum misericórdia, capo resson. Requien eterna  Dominum domine, lucha tea candi pace Amem